quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Faltam 2 dias...

Foi um ano cheio... de arte. André da Loba, André Letria, Bernardo Carvalho, Danuta Wojciechowska, Gémeo Luís, Madalena Matoso, Maria Keil, Beatrice Alemagna, Brian Selznick, David Pintor, Joanna Concejo, Javier Zabala ou Kveta Pacovská são apenas alguns dos muitos ilustradores de quem fomos falando aqui. Nunca nos cansamos de repetir  a frase de Pacovská, ilustradora e artista plástica checa,  O livro ilustrado é a primeira galeria de arte que a criança visita.

Kveta Pacovská

A nossa escolha de hoje é um bom exemplo disso. O brincador, de Álvaro Magalhães, uma colectânea que reúne toda a sua obra poética até 2005,  ilustrada pelo artista plástico José de Guimarães. Esta é uma edição de luxo, tanto pela qualidade da obra do poeta como pelo extraordinário  trabalho deste vulto da arte contemporânea. 

Por razões óbvias, Hipopó(matos)tamos é o poema que queremos partilhar.



Hipopótamos

Eles andam como se carregassem
todo o peso do mundo
mas nos seus olhos estão
as leves gotas de orvalho
e cantam mil violinos no seu coração.

Numa noite de luar, se olhares para cima, 
verás como todos os hipopótamos, 
mesmo os do teu livro de gravuras,
vão pelo ar, levíssimos, em direcção ao céu
com as suas asas inesperadas, transparentes.

Não haverá, por fim, nenhum
e ninguém se lembrará que um dia
existiram hipopótamos sobre a terra;
mesmo o seu nome apagar-se-á
da frágil memória dos homens.

Mas eles voltarão
sempre que precisares de ajuda
e, baixinho, disseres o nome
do teu anjo-da-guarda.


video

1 comentário:

elvira disse...

Parabéns pelo ano de vida. Tem sido um prazer bisbilhotar este vosso cantinho nesta partilha do gosto pelo livro ilustrado...Uma paixão pela obra de arte que representa o livro no seu todo.
Continuação de muitos anos de vida!!