sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O Ganso Gastão


Quem nunca pensou em ser diferente de todos os outros? Fazer coisas impossíveis e ser capaz de dominar o mundo?


O ganso Gastão, personagem que dá nome a este livro, persegue esse sonho, numa enumeração de frustrações que o assolam, dada a sua condição de ganso.



Ele quer pendurar-se de cabeça para baixo e bater asas como um morcego, deslizar como um pinguim, esticar-se bem alto como uma girafa e até nadar debaixo de água como uma foca.



Mas quando Gastão tenta rugir como um leão, rapidamente percebe que foi uma má escolha.  As suas capacidades vão ser postas à prova. Quem lhe valerá? Os outros gansos, claro está.


O anonimato e a igualdade passam a ser uma vantagem.


Claro que, por vezes, sabe bem furar as regras.


O álbum está repleto de animais bem representados pela expressividade das ilustrações, muito simples e altamente coloridas. As características de cada um são evidenciadas no decorrer da narrativa e o leitor mais precoce apreende novos conceitos relacionados com o mundo animal.



Petr Horáček, de quem já falámos aqui, assina este livro, com um traço muito pessoal que viaja pelo mundo da ilustração marcadamente colorida e representativa do imaginário infantil.

Editado pela Caminho, na fascinante colecção Borboletras, O Ganso Gastão é uma boa introdução à obra deste autor, de quem aguardamos, salivando, mais trabalhos publicados em Portugal.


1 comentário:

Marilyn Lourenço disse...

Tenho este livro e gosto muito dele..a minha filha de dois anos também...recomendo =)